Rally dos Sertões: Nos UTVs Fabrício Bianchini/Adhemar Pereira concluem mais uma etapa com êxito

Header
Siga-nos ... Website ... Entre em contato ...Terça-feira, 21 de Agosto de 2018

Rally dos Sertões: Nos UTVs Fabrício Bianchini/Adhemar Pereira concluem mais uma etapa com êxito

Entre as motos, Elias Folly se destacou com o 6º tempo na geral. Josemar Mello, Neto Malassise, Dimas Barreira e Luís Fernando Nutti sobem no acumulado, após duas etapas e chegam a Bahia nesta terça-feira

Alta  | Web 
Bianchini e Pereira cada vez mais em sincronia com o UTV (Marcelo Machado/Fotop)

Bianchini e Pereira cada vez mais em sincronia com o UTV 
(Marcelo Machado/Fotop)

Alta  | Web 
Piloto de Londrina (PR), Folly fechou em sexto na geral e sobe na classificação (Vinícius Branca/Fotop)

Piloto de Londrina (PR), Folly fechou em sexto na geral e sobe na classificação 
(Vinícius Branca/Fotop)

Alta  | Web 
Malassise na Especial que levou a Posse (GO) (Marcelo Machado/Fotop)

Malassise na Especial que levou a Posse (GO) 
(Marcelo Machado/Fotop)

Alta  | Web 
Barreira fala do espírito do rali e o apoio dos companheiros de equipe (Vinícius Ferraz/Fotop)

Barreira fala do espírito do rali e o apoio dos companheiros de equipe 
(Vinícius Ferraz/Fotop)

Alta  | Web 
Dupla #230 durante a segunda etapa entre Formosa e Pose (Gustavo Epifânio/Fotop)

Dupla #230 durante a segunda etapa entre Formosa e Pose 
(Gustavo Epifânio/Fotop)

A Bianchini Rally segue cruzando o roteiro da 26ª edição do Rally dos Sertões com seus competidores seja nos UTVs ou nas motos. Na terça-feira, completaram o percurso entre Formosa e Posse, em Goiás e nesta terça-feira já adentram no território da Bahia, com destino a Luís Eduardo Magalhães. Cada vez mais adaptados ao UTV, a dupla Fabrício Bianchini e Adhemar Pereira “Índio” #230 completaram duas etapas do Rally dos Sertões com êxito e vem mantendo um bom ritmo de prova que lhes comprometa o objetivo de completar todas as etapas. “Estamos escalando aos poucos nossas posições no rali e sem forçar muito o equipamento que acabamos de conhecer. Essa segunda Especial teve trechos bem rápidos e nos divertimos muito”, afirma Bianchini, que está em sua 24ª participação na competição e estreia na categoria UTVs.

O cearense, mais conhecido como Índio no meio off-road, também está aprovando a experiência. “Confesso que no nosso primeiro contato com UTV em Goiânia fiquei um pouco preocupado porque o UTV é muito rápido e tem uma dinâmica completamente diferente da moto. Mas depois de dois dias na terra estamos adorando e a cada etapa nos sintonizando melhor cm ele”, explica o competidor que pela primeira vez disputa a prova como navegador e  é de Fortaleza (CE) local da chegada do rali no próximo sábado, 25.

Nas motos os cinco pilotos seguem galvando posições nas etapas e também na resultado acumulado. O paranaense de Londrina Elias Folly #33 (KTM 450 EXC) conta como foi a segunda etapa. “A prova foi muito boa. No começo meio travado, mas no final bem rápida. Fiz sete ultrapassagens. Vou tentar manter este ritmo para ir recuperando dia-a-dia o tempo perdido na 1ª etapa, quando meu suporte de tanque traseiro quebrou e atrapalhou a minha performance”, explica, o piloto fechou em 3º na Production Aberta, 6º na geral (3h35h45) e está em 4º no acumulado da categoria.  

Em sua segunda participação no grid, Josemar Ferro #44 (Kawasaki KLX 450) está em 5º no acumulado da Over 45 e terminou o dia em 6º na categoria e 28º na geral (3h59min15). “Essa foi uma prova bem rápida, mais tranquila que o primeiro dia. O meu objetivo é chegar em Fortaleza entre os cinco na minha categoria”, diz.

O estreante no Rally dos Sertões, Dimas Barreira #52 (KTM 450 EXC) está vivenciando uma grande experiência. Após um problema no primeiro dia quando chegou quase à meia-noite em Formosa pensou até em não largar para segunda etapa para se recuperar mas o time da Bianchini Rally, entre eles Bianchini e Índio, o convenceram a largar . “Pensei em pular a etapa para arrumar a moto e descansar, mas ele ajudaram a colocar a planilha e me deram o maior apoio e ânimo. Com isso senti o que é verdadeiro espírito do rali que me contavam e, ao contrário do dia anterior, foi muito bom, com trecho de sequência toda muito rápida. Foi show e cada dia um rali diferente”, conclui o piloto que também reside na capital cearense.

Neto Malassise #59 (KTM 450 EXC-F) fechou o segundo dia em 5º na Marathon e está em 5º no acumulado da categoria. Luís Fernando Nutti #37 (KTM 450 EXC) terminou em 7º na Over 45 e segue evoluindo na prova. O piloto goiano Diego Guper #51 (KTM EXC-F 450), que estreava na prova sofreu uma queda e fraturou a clavícula e teve de deixar o rali. Mas nada de mais grave aconteceu e ele está bem, mas a equipe lamenta essa baixa no time.

Trajetória da equipe – A Bianchini Rally nasceu em 2005, quando Fabrício Bianchini decidiu montar a sua própria equipe em Barueri/SP. Dois anos depois, com patrocínio do Grupo Infinity Bio Energy, juntamente com o piloto Marcos Finato, desenvolveram as primeiras motos de rali movidas a álcool no Brasil. Pioneira com o projeto tornou-se a primeira equipe Carbon Free do grid. Entre 2007 e 2010 se chamou Infinity Rally Team e, a partir de 2012, passou a adotar o nome Bianchini Rally. Em 2007 e 2008 foi premiada como Melhor Equipe do Rally dos Sertões. Pela tradição e profissionalismo conquistados, o time trabalha com pilotos campeões do segmento Duas Rodas no Rally dos Sertões, Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja. Entre as temporadas de 2013 e 2016, a equipe disputou com duas duplas a Mitsubishi Cup. Em 2016, Bianchini estreou no Rally dos Sertões como piloto nos carros, ao lado de Caio Santos, e terminou em sexto na geral. Além de competir nas motos (3º na geral no Brasileiro de Baja) em 2017, Bianchini encarou um novo desafio e estreou no Rally de Velocidade com um Peugeot 207 e garantiu pódio nas três provas que participou: Rally de Holambra, Rally de Erechim e Rally da Graciosa. Em abril de 2018, a dupla Bianchini/Damon Alencar foi Campeã do Rally RN1500 na Protótipos T1, com o T-REX.

Mais informações no site www.bianchinirally.com.br, no Facebook: @equipebianchinirally e Instagram:@bianchinirally

A Bianchini Rally conta com os apoios da SHIRO, Borilli, Óculos 100%, O Mundo de Maria, Bull Sertões Rally Team, Vedacit e Rede Petrolam.

Roteiro 26ª edição Rally dos Sertões (19 a 25/8)

Terça (21/08)
3ª Etapa: Posse (GO) – Luís Eduardo Magalhães (BA)

Total do dia: 350 km (255 km trecho cronometrado)

Quarta (22/08)
4ª Etapa: Luís Eduardo Magalhães (BA) – Barra (BA)

Total do dia: 478 km (355 km trecho cronometrado)

Quinta (23/08)
5ª Etapa: Barra (BA) – São Raimundo Nonato (PI)

Total do dia: 446 km (400 km trecho cronometrado)

Sexta (24/08)
6ª Etapa: São Raimundo Nonato (PI) – Juazeiro do Norte (CE)

Total do dia: 603 km (226 km trecho cronometrado)

Sábado (25/08)
7ª Etapa: Juazeiro do Norte (CE) – Fortaleza (CE)

Total do dia: 654 km (200 km trecho cronometrado)

Total geral: 3.607 km

Categoria:Rally Off-Road

Deixe seu Comentário